GUILHERME BERGAMINI

Formado em Jornalismo, é com a fotografia que Bergamini expressa suas vivências pessoais e visão de mundo. Guilherme é um entusiasta e curioso pelas novas possibilidades contemporâneas que a técnica permite. Persistente, o artista visual tem a fotografia como meio de crítica política e social. Premiado em concursos nacionais e internacionais, participou de festivais e exposições coletivas no Brasil, Portugal, Espanha, Grécia, França, Alemanha, Itália, Eslovênia, Lituânia, Turquia, Venezuela, México, Chile, Argentina, Equador, Colômbia, Uruguai, Estados Unidos e Índia, além de ter fotos publicadas em diferentes veículos de comunicação brasileiros e estrangeiros.

Na FLAC Guilherme Bergamini apresenta três trabalhos “Quatro gerações”, “Desconstrução” e “Educação para todos”. “Quatro gerações” é composto por treze fotografias e um livro de artista que ressalta a relação do tempo e memória a partir de uma narrativa visual. “Desconstrução” é composto por três fotografias produzidas em Brasília com película preto e branco alterada propositalmente pela ação de fungos. Trabalho desenvolvido a partir de experimentações com o suporte fotográfico analógico. A série “Educação para todos” estará representada por uma fotografia em grande formato. Trata-se de uma metáfora visual sobre a educação. A série “Educação para todos” foi premiada em Barcelona, Espanha e Vilnius na Lituânia.

Exposições recentes: 2017 Debiutas – Educação para todos, Vilnius Galeria de Fotografia, Vilnius – Lituânia; Eu sou, tu és, ele é, nós somos, vós sois, eles são – Teatro Marília, Belo Horizonte, MG; Fotonoviembre, Atlántica Colectivas, Santa Cruz de Tenerife, Ilhas Canárias – Espanha; Indian Photography Festival, Exposição de Fotolivros, Hyderabad – Índia; Festival Internacional de Cinema Ambiental, Coletiva Fotossíntese, Puerto Madryn, Patagônia – Argentina; The Street Experience – LoosenArt, Galeria Millepiani, Roma – Itália;  2015 Educação para todos, Quadrum Galeria de Arte, Belo Horizonte – MG.