BABA JUNG

Inicia sua carreira na Arte Urbana em 2003 na França e, em seguida, reside e trabalha em diferentes países da Europa e da África, como Espanha, Alemanha e Gâmbia. Com o uso das mais diferentes técnicas, seu trabalho vem sendo reconhecido por meio da participação no circuito artístico nacional e internacional, entre eles, a Bienal Internacional de Arte Mural em Lille, França (2015), Festival Lille 3000 (2015), Festival Pile Aux RDV (Roubaix, França, 2015) e Artrua, no Rio de Janeiro (2016).

Na FLAC Baba Jung apresenta pinturas, desenhos, esculturas e serigrafias. As esculturas são assemblagens feitas com materiais de madeira e ferro, encontrados em caçambas e casas demolidas. As pinturas e desenhos são feitos sobre papel e chapas de ferro enferrujadas, representando um elo entre seu trabalho de arte urbana e seu trabalho de atelier.

Exposições recentes: 2016-2017 – Galeria da Aliança Francesa (Belo Horizonte, MG); Total Galerie (Berlim, Alemanha); 2015 e 2016 – Galeria Quartoamado (Belo Horizonte, MG);  2015 e 2016 – Galerie Saga (Lille, França); 2016 – Stay Hungry Galerie (Berlim, Alemanha); 2016 – “Telas Urbanas”, (Alexandre Rato, Anjo, Atos, Comum, Denis Leroy, Dinho, Diogo Galvão, Edinho, Edu Mar, Fear, Fhero, Filite, Gabriela Noujaim, Gud, Julio César Aristizabal, Juscelino Maquiavelli, Kawany KKU, Mar, Milton Neto, Mozi, Negro F, Pedro Ninja, Selon, Sick, Surto, Testa, Tot, Wera e World) Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, MG. 2016 (junho) Residência Itatiaia, Itatiaia, MG, Brasil; 2015 | 2016 (dezembro-fevereiro) Residência “Les Amis du 118”, Lille, França.